New banner by Maddy Lee

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

BRAINBOX




Passeando pela rede ,ufa …finalmente consegui um tempo,encontrei esta banda de blues progressivo liderada pelo guitarrista Jan Akkerman,isso mesmo aquele do Focus rsrsrsrsrs
Achei muito interessante o trabalho da banda e resolvi postar,destaque para versão de Summertime que esta simplesmente matadora rsrsrsrsr,segue o texto abaixo traduzido
do original(ROCKONVINYL.BLOGSPOT.COM)
Vale conferir .


Brainbox é uma banda holandesa da década de 1970 1960s/early. Foi fundada em Amsterdã pelo guitarrista Jan Akkerman, o baterista Pierre Van Der Linden e cantor Kazimir Lux (Kaz). O primeiro single foi "Man Down", que estabeleceu o seu som de blues progressivo. Eles tiveram vários singles na Holanda, incluindo "Entre o Alfa eo Ômega", "Doomsday Train", Reason to Believe e "Smile". Logo depois eles lançaram seu primeiro álbum, Akkerman e Van der Linden deixou o grupo para se juntar Focus. Depois de van der Linden e Akkerman esquerda, baixo Brainbox jogador Cyril Havermans também seguiu para se juntar Focus, substituindo o baixista original Focus. Eles foram substituídos pelos guitarristas Herman Meyer e de Rudie Quelijoe eo baterista Frans Smit. Meyer foi mais tarde substituído por John Schuursma. Depois de Kaz Lux deixou o grupo em 1971, sua popularidade diminuiu e eles se separaram em 1972. Em 2004, Kaz Lux remontado a banda (ainda sem Jan Akkerman) e realizado na Holanda.
.
A música da Brainbox é melhor descrito como blues rock progressivo com uma vibe psicodélica. A principal atração é, naturalmente, a tocar guitarra de Jan Akkerman, mas a voz soulful de Kaz Lux são muito distintos para a música também. Adicionado com o baixo poderoso de Andre Reynen e criativa, jazz, percussão de Pierre van der Linden este é um grande álbum.
Ele abre com uma de suas trilhas mais progressivas, "Dark Rose". Esta é uma espécie de proto-Hocus Pocus (o Focus hit). Há algumas quebras de guitarra muito rápido e furioso por Akkerman e um solo maravilhoso flauta tocada por um membro da solução Tom Barlage. Leva algum tempo para se recuperar de um presente, então a próxima música é um cover não é tão interessante de uma música de Tim Hardin. Isto é seguido por uma canção de blues agradável com alguns acordes típicos Akkerman. A adaptação de Scarborough Fair tem um sabor mais progressista. Akkerman toca violão e Barlage adiciona novamente sua flauta bonito. No álbum também é uma versão do clássico Summertime. Esta é uma das melhores versões, com mais um brilhante solo de guitarra. Oração do pecador é outra canção de blues típico. A b-side do álbum é ocupado pelo mar psicodélico do prazer com a guitarra longo, baixo e solos de bateria. Ele começa e termina como uma canção de rock comum, mas a parte longa do meio é uma verdadeira viagem psicodélica. Os melhores momentos são ocupados pelo trabalho de guitarra de Akkerman, mas há também alguns momentos de um tedioso com o inevitável solos drum and bass. No geral uma boa faixa embora.
No lançamento do CD também é possível encontrar a-e b-sides dos dois primeiros 45s. "Down Man" é uma boa canção original, "Woman's Gone" é uma canção de blues triste com o piano, interpretado por Rob Hoeke and bass por Akkerman, porque naquela época eles não tinham um baixista. O segundo single é uma edição do longa "Sea of Delight", emparelhado com uma música de rock com uma guitarra wah-wah encharcado.
Tenho também incluiu uma versão mais curta de "Dark Rose" que foi lançada como um single e é uma versão mais up beat ao encontrado na LP. Na verdade, ela tem uma semelhança estranha com algo que Zztop iria produzir e, portanto, me faz pensar se este é o lugar onde Zztop tem seu som.

O rasgo previsto foi tomada a partir do CD de 192kps e incluem grafismos do álbum completo, juntamente com o bônus adicional "Dark Rose" single track

Musicians:

* Jan Akkerman: Guitar, organ, vibes, bass guitar (track 9)
* Andre Reynen: Bass guitar
* Pierre van der Linden: Drums
* Kazimierz Lux: Lead vocals, percusion

Guests:
Tom Barlage: Flute (tracks 1 & 4)
Rob Hoeke: Piano (track 9)
Notes:
Track 8 and 9 are the a- end b-side of their first single.
Track 11 and 12 are the a- end b-side of their second single.





Tracks:

1. Dark rose (K. Lux, J. Akkerman) [5:20]
2. Reason to believe (T. Hardin) [2:23]
3. Baby, what you want me to do (J. Reed) [2:36]
4. Scarborough fair (P. Simon, A. Garfunkel) [6:26]
5. Summertime (from "Porgy and Bess") (G. Gershwin) [4:22]
6. Sinner's prayer (L. Fulson) [2:31]
7. Sea of delight (K. Lux, J. Akkerman, A. Reynen, P. v.d. Linden) [16:58]

CD Bonus Tracks

8. Down man (K. Lux, J. Akkerman) [2:38]
9. Woman's gone (K. Lux) [4:14]
10. Sea of delight (Try out) (K. Lux, J. Akkerman, A. Reynen, P v.d. Linden) [1:05]
11. Sea of delight (Take 1) (K. Lux, J. Akkerman, A. Reynen, P. v.d. Linden) [2:51]
12. Amsterdam, the first days (K. Lux, J. Akkerman) [3:11]





Download

8 comentários:

Edson d'Aquino disse...

Salve, Ayres!!!
Cara, esse Google tradutor ficou engraçado às pampas, kkkkk. Mas isso é muito som, já ouvi em K7 há trocentos anos atrás de um amigo viciado em Focus.
Agora desencava aquelas preciosidades q vc contrabandeou em caixotes de açaí e graviola.
[]ões

guinea pig disse...

Thanks!

Big clash disse...

Meu amigo Ayres,
você trouxe maravilhas desta viagem,hein!? Vou conferir agora esta postagem.
Parabéns pela postagem.
Abração

ayresrio disse...

Ae o das BERLOTAS encandescentes a
coisa tá séria rsrsrsrsrsr esse ai só saiu pq já estava engatilhado e fácil ,ainda não consegui mexer em nada do troux por incrivel que pareçavo precisar da tua ajuda rsrsrsrsr nobre professor.
Ah foi bom vc ter aparecido vc vai ver o *DEUS* no viva rio dia 24? Me liga.

ABRAÇÃO.

ayresrio disse...

Fala THE BOSS,
tenho certeza que vai gostar,estou tentando caprichar rsrrs.

ABRAÇÃO

ayresrio disse...

OK GUINEA PIGS !!!!!

Luca Leicam disse...

Só para marcar uma certa resistência, é que eu quando estou fazendo minhas colagens.... bem deixa pra lá. É que não tiro mais dessa rádio muito quente, que sabe dar o tempo e misturar os ritmos, temperar com riff e progressivos e blues poderiam ser mais negros mas ... bem deixa assim...
To na atitude, vendendo o zine tralala para esse povo imbecilizado, vou fazer 47 anos em dezembro e to ai consumindo o mínimo, ...bem deixa pra lá...
Falo mano Big Clash. Ta quente aqui.... Como vai BH ?

Big clash disse...

E aí Luca? A Rock Fly manda u som bacana mesmo. Concordo com você, o blues deveria ser mais raíz.
Também tenho 47 brother. Por aqui tá calor e chuvoso...Dengue a vista,man!
Abração