New banner by Maddy Lee

terça-feira, 6 de abril de 2010

Robertinho de Recife - Metal Mania 1984

Robertinho de Recife é um dos maiores guitarristas brasileiro, com vários álbuns gravados na década de 1970, além de acompanhar vários astros da MPB daquela década. Na década de 1980, Robertinho se enveredou por caminhos meio estranhos, participando de uma banda chamada Yahoo que fazia um rock farofa de gosto duvidoso. O cara também recebeu convites para atuar em bandas do cenário internacional, como o Chicago e Quiet Riot. Em 1984 lançou o álbum "Metal Mania", que apresento nesta postagem. Muita gente torce o nariz, mas Robertinho deve ser ouvido. Não conseguir levantar o line up.

Robertinho de Recife - Metal Mania 1984


Track listing:

01 - Fantasia Preto e Prata

02 - Fogo

03 - Metal Mania

04 - Gata

05 - Corações e Pernas

06 - Barbaridade

07 - O Trem Fantasma

08 - Dança Lolita

09 - Pedrada

10 - Assassina

LINK

6 comentários:

DAGON disse...

Fala ae Big, os dois discos dele lançados na fase mais metal são até bons, o problema é quando ele resolve abrir a boca, tinha que ter contratado um vocalista, isso é certo, faz muitos anos e ainda não consigo reouvir nenhum desses discos justamente por causa do vocal.

[]s.

Big clash disse...

Pois é Dagon, a voz dele é ruim pra caralho...hehehehe...
[]s.

Pervitin Filmes disse...

Concordo plenamente. A voz dele é sofrível. Mas no comecinho dos anos 1980 ele era um cara interessante, que representava algo novo. Chega a lembrar o Edie Van Halen, mas sumiu logo.
Valeu, Big Clash, enciclopédia do rock!!

Sandro Neiva

Big clash disse...

Robertinho é muito fera na guitarra, atualmente anda envolvido com seu estúdio e trabalhando como produtor de outros artistas. Tenho um material dele da década de 1970 muito interessante que postarei em breve por aqui, lembra muito Hermeto em alguns momentos.
Abração brother Sandro.

Edson d'Aquino disse...

Conheço o trabalho do Robertinho desde sua atuação no udigrudi nordestino e estive na platéia do Tereza Raquel assistindo-o com Fagner e, depois, no lançamento de seu 1º, e melhor na minha opinião, apesar de mal gravado, disco, 'Jardim de Infância'. Um puta músico, com linguagem própria, mas que se entusiasmou -às vezes demais, para o meu gosto- com mestre Eddie e fez 2 outros bons trabalhos mas... PRECISAVA INSISTIR EM CANTAR, PORRA?????
[]ões

Big clash disse...

Meu caro Edson,
tive a oportunidade de vê-lo acompanhando Fagner nos anos 70´, mas não tive o privilégio de assisti-lo em carreira solo.
Em breve postarei os trabalhos setentistas de Robertinho por aqui, Ainda bem que a maior parte das faixas são instrumentais.
Valeu a visita, meu brother.